Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

Suplementos Alimentares

Todos nós já os utilizámos ou julgamos conhecer bem a maioria dos suplementos alimentares, no entanto qual é o grau de conhecimento que temos sobre os benefícios e os riscos da utilização dos suplementos? Os suplementos alimentares podem ser vitaminas, minerais, aminoácidos, extractos de plantas e enzimas, entre outros. Alguns suplementos podem ajudar a que tenhamos um consumo adequado de nutrientes, mas não devem ser substituir uma dieta alimentar rica e variada. Algumas empresas de suplementos alimentares atribuem-lhes propriedades curativas ou preventivas de doenças, criando a falsa ideia de que os suplementos são medicamentos. Ao contrário dos medicamentos, os suplementos alimentares não são aprovados por entidades especializadas, tendo em conta a sua segurança e a sua eficácia. Os fabricantes e distribuidores dos suplementos alimentares são os únicos responsáveis por garantir a segurança dos seus produtos. Desse modo, devemos duvidar sempre de afirmações como “cura rápida e eficaz”, “totalmente seguro” e “sem efeitos secundários”. Os suplementos podem não ter propriedades curativas evidenciadas em ensaios clínicos, mas possuem ingredientes activos susceptíveis de produzir efeitos biológicos no corpo. O termo “natural” nem sempre é sinónimo de segurança. Em algumas situações, os suplementos podem revelar-se perigosos para a saúde. Alguns dos erros mais comuns são a utilização simultânea de vários suplementos, o uso de suplementos com medicamentos e o consumo em doses excessivas de determinados suplementos. Para mais informações, podem consultar os sites http://www.cfsan.fda.gov/ e http://www.cfsan.fda.gov/~dms/supplmnt.html.


publicado por Bowel às 18:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

Tribunal encerra blogue

Pela primeira vez em Portugal, um blogue foi mandado encerrar por força de uma ordem judicial. A Google foi obrigada a bloquear o acesso ao blogue devido a uma providência cautelar interposta pelo presidente e vice-presidente da Câmara Municipal da Póvoa do Varzim contra anónimos que aí os difamavam com o pseudónimo Tony Vieira.

Na “blogosfera” pode existir um limite muito ténue entre o direito à opinião e a difamação. O anonimato pode ser útil para denunciar situações “obscuras” que possam ocorrer. Em meios pequenos, a denúncia formal pode conduzir a represálias por parte de quem detém o poder. Por outro lado, qualquer pessoa tem direito ao seu bom nome e devia estar protegida contra quem pretende difamar. É claro que os visados podem sempre tentar agir criminalmente contra os autores dos blogues.


publicado por Bowel às 21:46
link do post | comentar | favorito

Rivalidade FCP / SLB chegou à UEFA

 

Não há dúvida que esta rivalidade FCP / SLB tira a razão a muitos adeptos.

 

Esta decisão de readmitir o FCP na Champions era previsível porque fiquei com a sensação que o castigo que a Liga impôs ao FCP estava mal fundamentado. Os castigos ao FCP, Boavista e Leiria foram feitos à medida e para cumprir a promessa de tomar uma decisão ainda este ano. Agradou a gregos e a troianos. O Porto ficou satisfeito porque lhe retiraram 6 pontos num ano em que ganharam a Liga com uma vantagem enorme, o SLB viu com agrado uma decisão que vai de encontro à sua teoria de manipulação de resultados, o Boavista foi para a 2ª Divisão numa época em que provavelmente não tinha condições de jogar na Liga Principal e o Leiria foi castigado no ano em que desceu de divisão.

O FCP optou por não recorrer da perda dos 6 pontos porque era uma situação que lhes interessava. A “porca torceu o rabo” quando isto chegou à UEFA e mexeu com o FCP. Como é óbvio, o FCP apresentou argumentos jurídicos e aí se viu que o processo não foi bem conduzido. Em Portugal, qualquer porcaria serve, mas na UEFA é preciso fundamentar as decisões. Os Srs. Drs. da Liga têm de perceber que não podem tomar decisões em cima do joelho para agradar a todos. Era importante criar tribunais desportivos para analisar rapidamente estes casos com método e procedimentos correctos.

 

Se o FCP fez alguma coisa ilegal, gostava que as acusações fossem provadas nas sedes próprias (tribunais civis). É importante mostrar à sociedade que o crime (provado) não compensa!  


publicado por Bowel às 17:37
link do post | comentar | favorito

O início do fim do Tratado de Lisboa?

Estou radiante com o facto de os irlandeses terem votado maioritariamente “Não” no Referendo ao Tratado de Lisboa. Como o nome indica, a União Europeia tem de ser construída agregando uma maioria dos europeus e não através de estratagemas para silenciar o povo.

Os líderes europeus que subscreveram o “Tratado de Lisboa” comprometeram-se a não realizar referendos nos seus países para que não existisse resistência do povo. Como a constituição irlandesa não permite esse “atropelo à democracia”, então teve de existir este referendo. Os irlandeses demonstraram que estão contra um tratado que apenas interessa às elites e aos interesses instalados!

 


publicado por Bowel às 17:33
link do post | comentar | favorito

Juíz concluiu que Carolina Salgado prestou falsas declarações

Desde o início notei que a Sra. Carolina Salgado estava a agir por vingança e que o seu testemunho não era totalmente credível e verdadeiro. Não me agrada o carácter (ou a falta dele) desta Sra.. É de muito baixo nível escrever um livro em que expõe pormenores da vida privada de um antigo companheiro. Esta atitude é muito mais criticável do que o facto de ter trabalhado num bar de alterne. Infelizmente, tornou-se moda em Portugal qualquer tolo escrever um livro (ex.: Carolina Salgado, Zezé Camarinha, etc.). Pior que tudo, é que existem pessoas que pagam para ler essas porcarias.

A impunidade de que o Pinto da Costa goza é igual à que qualquer personalidade que esteja no poder usufrui! Para condenar pessoas pertencentes às camadas superiores da sociedade é preciso fundamentar muito bem (com provas) as acusações. Quem tem dinheiro consegue contratar advogados mais competentes para desmontar a tese da acusação. Na minha opinião, o depoimento da Sra. Carolina Salgado está longe de ser uma prova inequívoca. Desse modo, apenas andaram a gastar dinheiro aos contribuintes!

A corrupção no futebol só acabará quando certos dirigentes desaparecerem de cena (Pinto da Costa, Bartolomeu, Loureiros, Vieira, Madaíl, etc.,) e forem substituídos por gente de carácter (Rui Costa, Vítor Baía, etc.). Era aconselhável constituir um tribunal desportivo, recrutando preferencialmente juízes que não percebessem nada de futebol, nem gostassem de futebol.


publicado por Bowel às 17:27
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Politiquices

Alberto João Jardim classificou o Primeiro-Ministro, José Sócrates, de “ditadorzinho” e de “Mugabe da Europa”. Isto parece-me declarações feitas a seguir a um almoço bem regado.

Utilizando a sabedoria popular, diria que “fala o roto para o esfarrapado”. Ou "Diz o roto ao nu: porque não te vestes tu?"!

Estes dois políticos não se entendem porque ambos são narcisistas e deixam muito a desejar em termos de educação e ética.

 


publicado por Bowel às 23:14
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Junho de 2008

Participação de Portugal no Euro 2008

Tendo em conta as exibições da selecção portuguesa na fase de apuramento para o Euro 2008, até esperava que Portugal tivesse uma prestação pior neste Europeu de Futebol. Nos dias que antecederam o início do Euro, Scolari deve ter trabalhado bem porque Portugal apresentou um bom sentido colectivo no jogo contra a Turquia. Os jogadores também me pareceram em boa forma física, nomeadamente o Petit, o Deco e o Nuno Gomes que pareciam ser os casos mais problemáticos.

Após as primeiras vitórias nos jogos contra a Turquia e Rep. Checa já éramos os maiores, ninguém nos iria vencer e até havia algumas pessoas a desperdiçar combustível e a buzinar na rua. O que é que já tínhamos ganho? Nada! Esse foi o problema. Criaram-se grandes expectativas, sem ter um suporte (entenda-se equipa) que as sustentasse.

Não compreendo a pressão mediática que existiu em redor da selecção. Conferencias de imprensa intermináveis, perguntas banais ao jogadores que eram retorquidas com respostas ocas, treinos filmados em directo! Parece-me que os treinos devem ter alguma privacidade e isso nunca foi conseguido. O seleccionador teve o mérito de mobilizar os portugueses em torno da selecção e, desta vez, parece-me que o feitiço se virou contra o feiticeiro. Algumas empresas também exploraram o filão “Selecção Nacional” até não poderem mais.

Encarámos o jogo com a Alemanha com aquela atitude de que os alemães eram os cabeçudos que estavam ali para ajudar à festa. Muito nos enganámos. A selecção alemã pode não ter jogadores tecnicamente tão evoluídos como os portugueses, mas tem organização, sentido colectivo, disciplina e capacidade física. Perdemos e com toda a justiça. Contam as bolas que entram e não o número de fintas, de trivelas, de posse de bola ou de remates. Os alemães foram mais eficazes, da mesma forma que a Alemanha tem índices de produtividade superiores aos de Portugal. A diferença está na mentalidade, maior capacidade de organização e de disciplina dos alemães…

Depois da derrota, a selecção passou de bestial a besta. Os nomes Ricardo, Paulo Ferreira, Cristiano Ronaldo, Nuno Gomes, Petit, Scolari e Madaíl foram os preferidos para o cargo de bode expiatório. Eu não concordo muito com esta ideia de arranjar um culpado porque parece-me que a eliminação de Portugal teve origem em muitas falhas, dentro e fora do campo!


publicado por Bowel às 18:14
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

"As Farpas" de Eça de Queiroz

 “O país perdeu a inteligência e a consciência moral. Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada, os carácteres corrompidos. A prática da vida tem por única direcção a conveniência. Não há princípio que não seja desmentido. Não há instituição que não seja escarnecida. Ninguém se respeita. Não há nenhuma solidariedade entre os cidadãos. Ninguém crê na honestidade dos homens públicos. Alguns agiotas felizes exploram. A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia. O povo está na miséria. Os serviços públicos são abandonados a uma rotina dormente. O Estado é considerado na sua acção fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo. A certeza deste rebaixamento invadiu todas as consciências. Diz-se por toda a parte: o país está perdido!”

Isto foi escrito em 1871, por Eça de Queirós, no primeiro número d'As Farpas. Parece mais actual do que nunca!

 


publicado por Bowel às 22:55
link do post | comentar | favorito

"Corrupção", um filme da treta

Na passada 5ª feira lá arranjei paciência para ver o afamado filme “Corrupção”. O filme tenta abordar a maioria dos tópicos que apareceram no livro “Eu, Carolina” e na comunicação social, mas está desprovido de sequência lógica e de interligação. Os sucessivos “cortes” na história tornam-na pouco clara e quase imperceptível para quem não tiver um conhecimento prévio dos factos que o filme tenta abordar.

Infelizmente, parece que para um filme português ter sucesso é necessário ter umas mulheres nuas e uns “caralho”, “foda-se” ou “filho da puta”.

Na minha opinião, este filme serviu apenas para dar uma imagem mais favorável à Carolina Salgado. Uma operação de charme…

Este filme foi um fiasco e as suas filmagens não mereciam a cobertura mediática que, por exemplo, o “Correio da Manhã” lhes deu. Se o João Botelho não apresentar a sua versão deste filme, ainda ficarei mais desiludido!


publicado por Bowel às 22:53
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

MANIFESTO EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA - CONTRA O ACORDO ORTOGRÁFICO

No endereço www.ipetitions.com/petition/manifestolinguaportuguesa poderá adicionar a sua assinatura ao Manifesto em Defesa da Língua Portuguesa - Contra o Acordo Ortográfico. As primeiras 17.300 assinaturas foram entregues em 8/5/2008 a S. Ex.ª o Senhor Presidente da Assembleia da República. A recolha de assinaturas continuará em linha na Internet, até data a anunciar. Este documento será oportunamente entregue a S. Ex.ª o Presidente da República e a S. Ex.ª o Primeiro-Ministro, acrescido das assinaturas que se vierem a registar até então. Eu já assinei...


publicado por Bowel às 23:01
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Suplementos Alimentares

. Tribunal encerra blogue

. Rivalidade FCP / SLB cheg...

. O início do fim do Tratad...

. Juíz concluiu que Carolin...

. Politiquices

. Participação de Portugal ...

. "As Farpas" de Eça de Que...

. "Corrupção", um filme da ...

. MANIFESTO EM DEFESA DA LÍ...

.arquivos

. Dezembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds